• adm

O que fazer em Curitiba? Vamos te contar!

Atualizado: Abr 10

A capital paranaense é um encanto no Sul do Brasil. Ao longo dos anos, tornou-se um grande centro turístico e uma das cidades mais bem planejadas do mundo, não é atoa que foi apelidada de Cidade Modelo!

Vamos mostrar para você lugares que são parada obrigatória, bora?!


Jardim Botânico de Curitiba

Para começarmos nossa lista, não poderíamos de deixar de fora o Jardim Botânico de Curitiba. Fundado em 1991, o Jardim Botânico Francisca Richbieter possui uma área de aproximadamente 278.000 m², que inclui um bosque de Mata Atlântica totalmente preservado. O jardim do foi inspirado nos mais renomados jardins da França, com vários traços retos e contornos modernos, além de possuir um lindo jogo de cores proporcionado pelas flores.

A principal atração é a estufa, que está na imagem abaixo. Nela, existem diversas espécies de vegetais do Brasil e de outros países, espalhados por alamedas e estufas de ferro e vidro, a principal delas com três abóbadas do estilo Art nouveau foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres, do século XIX. A estufa é climatizada e mantém espécies da Floresta Atlântica como Caraguatá, Caetê e Palmito.


Jardim das Sensações

Inaugurado em dezembro de 2008, o Jardim das Sensações é um espaço delimitado por cerca viva, onde os sentimentos do visitante são tentados, por meio do contato direto com plantas de diferentes formas, texturas e aromas. Através da cerca e do túnel vegetal é possível ver as cores da natureza, sentir com as mãos a textura, a forma e o tamanho das plantas, ouvir o som da cascata e do vento, sentir o perfume das flores e da vegetação. O percurso pode ser feito com os olhos vendados ou não.


Espaço Cultural Frans Krajcberg

Nessa galeria estão expostas 110 obras de grande porte, todas elas feitas a partir de restos de árvores queimadas ou derrubadas de forma ilegal. Há também exposição de fotos tiradas pelo próprio escultor, venda de livros relacionados ao artista e a possibilidade de visitas monitoradas. A principal finalidade do espaço é, de acordo com Krajcberg, a conscientização ambiental.


Endereço: R. Engo. Ostoja Roguski, 690 - Jardim Botânico, Curitiba - PR, 80210-390


Horário de funcionamento: das 06h às 18h, todos os dias.


Entrada: gratuita.


Museu Oscar Niemeyer

Conhecido também como Museu do Olho (devido ao seu formato), o Museu Oscar Niemeyer esbanja uma fusão de arquitetura e arte. O prédio inicialmente foi desenhado em 1967 por Niemeyer, para servir como Instituto de Educação. Anos depois, o prédio passou por uma reforma e ganhou um novo anexo, o famoso "olho", assumindo assim sua posição de museu na capital paranaense.


Endereço: R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico, Curitiba - PR, 80530-230


Horário de funcionamento: de terça-feira à domingo, das 10h até às 18h.


Entrada: R$20 reais a inteira, R$10 reais a meia.


Memorial Ucraniano

Localizado dentro do Parque Tingui, o Memorial Ucraniano foi inaugurado em 1995, em homenagem à imigração ucraniana para a região no século XIX. Estima-se que até 1914 cerca de 45 mil imigrantes ucranianos tenham chegado ao Paraná. O monumento principal do Memorial é a réplica da igreja ucraniana de São Miguel, na Serra do Tigre (município de Mallet), uma das mais antigas do país.


O Memorial possui um palco e uma pêssanka gigante, feita pelo artista Jorge Seratiuk. Manifestações folclóricas e festas típicas da etnia acontecem com apoio da Fundação Cultural de Curitiba e da comunidade ucraniana: a Bênção dos Alimentos (no Sábado de Aleluia), a Festa Nacional da Ucrânia (em agosto), a Festa da Colheita (em outubro) e a Festa de São Nicolau (em novembro).


Parque Ucraniano. Foto: Lucilia Guimarães/ Secretaria Municipal de Comunicação Social de Curitiba



Endereço: Rua Dr. Mba de Ferrante, s/nº, Parque Tingui - São João


Horário de funcionamento: 10h às 18h (3ª feira a domingo)


Entrada: gratuita.


Palácio Avenida

A edificação, construída a partir de 1927 e inaugurada em 1929, foi erguida pelo imigrante e empresário sírio-libanês Feres Merhy, com projeto arquitetônico original de Valentim Freitas, Bernardino Assumpção Oliveira e Bortolo Bergonse.

Ao longo de sua história, o imponente complexo de cerca de 18 mil metros quadrados, abrigou escritórios, lojas, cafés (como o folclórico Café Guairacá) e o Cine Avenida, uma das primeiras salas de exibição da capital paranaense.


Ao longo do tempo, o edifício pertenceu a alguns bancos. O primeiro a comprar o imóvel foi o Banco Bamerindus, que iniciou sua reforma, reconstruindo a parte interna e restaurando toda sua fachada original. Em 5 de março de 1991, foi reinaugurado para ser a sede do banco. Alguns anos depois, o Banco Bamerindus foi extinto. O prédio então, foi vendido para a HSBC Brasil, permanecendo até 2016. Naquele ano, a subsidiária brasileira foi vendida para o Bradesco, que é o atual dono e utiliza o palácio como sede na capital curitibana.


Palácio Avenida/Curitiba
Palácio Avenida decorado para o Natal de 2020. Foto: Ricardo Marajó/Secretaria Municipal de Comunicação Social de Curitiba

Endereço: Av. Luiz Xavier, 11 - Centro, Curitiba


Mercado Municipal de Curitiba

Fundado em 02 de agosto de 1958, o Mercado Municipal de Curitiba é o principal e mais tradicional endereço para compras de Curitiba. Nas bancas de hortigranjeiros, nas lojas de delicatessens e setor orgânico, o consumidor encontra produtos como: bebidas, queijos e vinhos de diversas procedências, ervas medicinais, temperos e especiarias, iguarias, conservas, pescados, embutidos, carnes exóticas e com cortes especiais.


Além também de produtos de decoração, utensílios domésticos, produtos de limpeza, armarinhos, presentes, entre outros. Pode-se curtir momentos agradáveis nos restaurantes étnicos na praça da alimentação, onde é ponto de encontro dos curitibanos de diversas gerações e ainda, participar de eventos realizados regularmente dentro do Mercado.


Endereço: Avenida Sete de Setembro, 1865, Curitiba


Horário de funcionamento: Terça a sábado: 8h às 18h / Domingo: 8h às 13h (restaurantes até 15h com entrada pela Rua da Paz) / Segunda: Fechado

Fonte: Wikipédia/ Secretaria de Cultua de Curitiba/ Museu Oscar Niemeyer/ Mercado Municipal de Curitiba

59 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

pesquisa de hotéis